Mudanças na Conta Salário

Mudanças na Conta Salário





Conselho Monetário Nacional aprova reajustes na conta salário a partir de julho de 2018.

A conta salário é um recurso utilizado por milhares de brasileiros. Praticamente todas as empresas de médio e grande porte optam por efetuar o pagamento de seus funcionários por meio dessa modalidade, evitando grandes movimentações de dinheiro em espécie.

A conta salário surgiu como uma alternativa viável ao trabalhador. Isso porque as taxas de manutenção são menores ou inexistentes, na maioria dos casos, em comparação à conta corrente convencional. Os serviços oferecidos pelo banco, no caso da conta-salário, são muito reduzidos, limitando-se às funções de saque, compras no débito e retirada de demonstrativos (extratos).




A abertura de conta salário é menos burocrática. A maioria dos bancos faz análise aos serviços de proteção ao crédito antes de aprovar a abertura de conta corrente. A conta salário é uma versão mais "enxuta", não permite emissão de cartão de crédito e folhas de cheques. Além disso, para abrir uma conta-salário, o funcionário precisa apenas dos documentos pessoais e uma declaração da empresa solicitante, carimbada e assinada pelo contratante. Às vezes o empregador abre a conta sem intermédio do trabalhador.

Além disso, alguns bancos não permitem o acesso a serviços online, o internet banking, por exemplo, para usuários da conta salário. Já as compras com a opção "débito" são liberadas pela maioria das instituições financeiras, sem que os clientes sejam taxados por isso.


Em resumo, as contas-salário foram criadas para facilitar a relação financeira entre patrão e funcionário. Esse tipo de conta é a operação mais segura para ambas as partes. Antes, todo o dinheiro destinado ao pagamento de funcionários era retirado do banco, separado por um contador dentro da empresa e entregue nas mãos dos funcionários, deixando todos em situação de vulnerabilidade em caso de assalto.

Na última quinta-feira, o Conselho Monetário Nacional aprovou alguns reajustes na conta salário. Muita gente ainda tem dúvidas a respeito dos aperfeiçoamentos realizados. Confira agora o que vai mudar na conta salário e quais serviços serão mantidos. Tire suas dúvidas.

Mudanças na conta salário

As mudanças aprovadas na última quinta-feira não alterarão radicalmente a vida financeira do trabalhador que utiliza os serviços da conta salário. Em suma, algumas operações, que antes não eram permitidas, passarão a ser autorizadas a partir do primeiro dia julho.

Alteração na portabilidade

Uma das mudanças na conta salário diz respeito à portabilidade. Antes, o cliente que desejasse migrar de instituição, precisava solicitar a mudança na instituição em que a empresa contratante havia aberto a conta. Após as novas regras entrarem em vigência, o cliente poderá solicitar a migração também na agência de destino.

Pagamento poderá ser depositado em contas de instituições não-bancárias

Uma outra mudança passará a valer a partir de julho. Empresas e funcionários poderão fazer uso de contas de pagamento em instituições não bancárias. A medida dará a possibilidade de o usuário optar por receber o pagamento através de instituições como Nubank e o Paypal, por exemplo.

Ao escolher utilizar contas como as exemplificadas anteriormente, o cliente poderá fazer uso de alguns recursos que a conta salário não permite. As compras online com pagamento no débito, por exemplo, só são permitidas para usuários da conta corrente.

Instituições devem prestar informações claras aos clientes

Segundo a chefe do departamento de regulação do sistema financeiro do Banco Central, Silvia Brito e Silva, o Banco responsável pela conta salário deverá fornecer ao trabalhador, todas as orientações necessárias a respeito da conta de pagamento que está sendo aberta.

Silvia defende maior clareza de informações por parte da instituição financeira. Dessa forma, os usuários do serviço não serão induzidos ao erro por conta da falta de informação. Outros serviços relacionados à conta salário não sofrerão alterações. O cliente precisa consultar as condições de cada banco no ato de abertura da conta salário.

Kátia Elaini Pereira da Silva



Post Relacionado

PIS-Pasep 2018-2019 – Pagamento do 2º Lote

PIS-Pasep 2018-2019 – Pagamento do 2º Lote

O segundo lote do PIS-Pasep 2018-2019 iniciou seu Calendário de Pagamentos. No dia 16 de Agosto começou o pagamento do abono salarial ou comumente conhecido PIS-Pasep, este já o segundo lote com base no calendário 2018-2019, tendo como ano base de 2017. O PIS será…

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *